O tratamento psicanalítico

gordilho

Como psicólogos, sempre nos perguntam "por que dispor de tanto tempo a um tipo de tratamento pela fala, se existem remédios que agem nos sintomas e funcionam muito mais rápido?" Não se contesta a utilidade dos medicamentos (que em alguns casos são essenciais ao próprio tratamento) e o conforto que proporcionam, mas eles não podem curar o homem de seus sofrimentos. Tais sofrimentos, apesar de difíceis, são muito importantes para a vida psíquica. O sofrimento, em sua forma repetitiva de ser, é uma tentativa de comunicação; é a maneira como nós humanos dizemos, sem precisar dizer muita coisa, que algo vai mal.

Missão

Atender de forma humana e cuidadosa adolescentes a partir de 14 anos, adultos e idosos através da abordagem psicanalítica.

Visão

Ser reconhecida como clínica referência em atendimento humanizado, promovendo saúde mental e melhoras nas relações humanas.

Valores
  • • Profissionalismo
  • • Ética
  • • Respeito
  • • Solidariedade

Especialidades

gordilho

Adolescentes

A adolescência trata-se de um tempo marcado por intensos afetos, sentimentos e conflitos quanto ao processo de construção da identidade, que se somam às modificações corpóreas decorrentes da puberdade. Sendo assim, a adolescência implica a necessidade de elaborar psiquicamente muitas perdas e construir uma nova identidade. Diante disso, conflitos surgem e torna-se muito importante o trabalho psicoterápico na promoção e manutenção da saúde mental do sujeito.

Adultos

O desamparo faz parte de todo ser humano diante da sua necessidade de, desde o nascimento, sujeitar-se a um outro para sua sobrevivência, fazendo com que sua existência se estabeleça, desde o princípio, no fora de si. Assim, enquanto sujeitos do desamparo, nossa constituição mental se estabelecerá de forma melhor ou pior, a partir da maneira como encarnamos as funções que nos são atribuídas no campo social, neste fora de nós mesmos. O processo de análise no adulto visa identificar tais formas de se manifestar socialmente que levam este sujeito ao sofrimento, tratar estas formas a partir da escuta e da fala com o analista e conduzi-lo a encontros menos errantes com seus objetivos, a partir da ampliação de sua capacidade de amar.

gordilho
gordilho

Idosos

Os idosos vivem perdas de toda a natureza: no corpo, no trabalho, em seu status social, na morte de entes queridos, e na vida de forma geral, com o acréscimo ainda das inúmeras fantasias sobre sua própria morte. Estes sofrimentos transformados em doenças mentais podem se solidificar e tornar trágica a experiência da velhice, fazendo com que o idoso se abandone e cada vez mais se desenlace da vida. Neste caso, é urgente a função do analista em escutá-los como seres falantes, com o objetivo de fazer vinculações entre suas fantasias, seus sintomas e a realidade. Afinal, alcançar a velhice (mesmo do ponto de vista biológico) na atualidade, se pensarmos no passado, é um grande sucesso.

RAQUEL DO PRADO XAVIER: CRP 04/28724 Psicóloga atuante há 20 anos. Graduada pela FMU - São Paulo em 1997, Especialista em Psicologia Hospitalar pelo Hospital das Clinicas da USP em 1999 e em Clínica Psicanalítica pela UFU: Uberlândia em 2007 e Mestre em Psicologia Aplicada pela Universidade Federal de Uberlândia(2013) Foi Docente nas universidades Unitri, UFTM e UEMG nos cursos de Psicologia por 8 anos. Oferece atendimento clínico na abordagem psicanalítica desde os anos 2000 a adolescentes, adultos e idosos, sendo a clínica seu lugar de atuação mais evidente.

Atendimento

gordilho
ONLINE
gordilho
PRESENCIAL

Vamos conversar?

LIGUE AGORA

Endereços:

Uberlândia

Segunda a Quinta, das 8h ás 18h

Araguari

Sexta, das 8h as 18h

Sábados, das 8h as 13h